AGQ Brasil | Organização, priorização e produtividade no trabalho remoto.
AGQ Brasil, consultoria, treinamento, auditoria interna em sistemas de gestão como ISO 9001, ISO 14001, ISO 45001, ISO 17025, ISO 37301, ISO 27001, Regimento SiAC do PBQP-H, dentre outros.
Consultoria ISO 9001, Consultoria ISO 14001, Consultoria ISO 45001, Consultoria ISO 37301, Consultoria ISO 17025, Consultoria PBQP-H, Consultoria SiAC, Anexo VII do SiAC, Anexo 7 do SiAC, Auditoria Interna, SGI, SGQ, Auditoria ISO 9001, Auditoria ISO 14001, Auditoria ISO 45001, Auditoria ISO 37301, Auditoria ISO 17025, Auditoria PBQP-H, Auditoria SiAC, Consultoria ISO, Auditoria ISO, Consultoria ISO BH, Consultoria ISO 9001 BH, Consultoria ISO 14001 BH, Consultoria ISO 45001 BH, Consultoria SiAC PBQP-H BH, Consultoria ISO 37301 BH, Consultoria ISO 17025 BH, Belo Horizonte, Consultoria ISO SP, Consultoria ISO 9001 SP, Consultoria ISO 14001 SP, Consultoria ISO 45001 SP, Consultoria SiAC PBQP-H SP, Consultoria ISO 37301 SP, Consultoria ISO 17025 SP, SP, São Paulo, Consultoria ISO RJ, Consultoria ISO 9001 RJ, Consultoria ISO 14001 RJ, Consultoria ISO 45001 RJ, Consultoria SiAC PBQP-H RJ, Consultoria ISO 37301 RJ, Consultoria ISO 17025 RJ, Rio de Janeiro, RJ
3905
post-template-default,single,single-post,postid-3905,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-18920
 

Organização, priorização e produtividade no trabalho remoto.

Organização, priorização e produtividade no trabalho remoto.

Trabalhar em modelo home-office tem sido um desafio novo para muitos profissionais. O que fazer para se planejar e manter a qualidade das entregas trabalhando em casa?

Desde que surgiu, o modelo de trabalho home-office divide opiniões. Para algumas pessoas era um sonho de consumo: poder trabalhar no conforto do próprio lar, um ambiente menos estressante, com maior flexibilidade de horários e a possibilidade de evitar todos os transtornos gerados pelo deslocamento em grandes cidades. Para outras, o modelo nasceu fadado a não funcionar. Entre os principais problemas apontados por quem não é favorável estão a desorganização na rotina, mistura de ambientes corporativo e pessoal e a ausência da interação diária e presencial entre colegas. 

Independentemente da opinião prévia, pessoas dos dois grupos foram pegas de surpresa pelas imprevisibilidades do cenário externo e, em 2020, milhares de empresas em todo o mundo tiveram que adotar o trabalho remoto como medida de precaução frente à pandemia da COVID-19. Gostando ou não, é preciso se adequar à realidade e garantir que o trabalho produzido à distância tenha o mesmo nível de qualidade e assertividade. 

Como fazer isso?
 

Organização em primeiro lugar

 Em qualquer ambiente profissional, a organização é uma característica imprescindível para garantir o sucesso dos projetos desenvolvidos. Empresas desorganizadas tendem a enfrentar mais problemas e, pior ainda, costumam não saber como lidar bem com eles justamente por não possuírem um modelo de gestão estruturado. Não é por acaso que organizações certificadas possuem grande vantagem competitiva sobre a concorrência. Obter uma certificação é investir em crescimento sustentável e normatizado

No trabalho remoto, a necessidade de planejamento e organização é ainda maior e não depende apenas das lideranças, mas de pequenas ações de cada colaborador que podem contribuir bastante: 

  • Defina a rotina do dia seguinte na noite anterior. Assim você garante ação desde o início de sua jornada de trabalho;
  • Divida o espaço físico da casa como for possível, separando um cômodo ou um lugar específico apenas para tarefas profissionais; 
  • Esforce-se ao máximo para manter a regularidade de horários, não apenas de trabalho, mas também de alimentação, descanso, sono e lazer; 
  • Ao final de cada expediente remoto, limpe e organize sua mesa de trabalho, mantendo apenas o necessário para as ações do dia seguinte.

Sem priorização não há assertividade

 Uma dificuldade comumente apontada por diversos profissionais refere-se à priorização. Para muitos, listar todas as tarefas e definir por onde começar pode ser uma tarefa estressante. Felizmente, existem ferramentas estratégicas para solucionar este problema e uma delas é a Matriz de Priorização ou Matriz de Prioridades.

sisSua aplicação é muito simples: pode ser realizada em uma folha de papel ou um quadro com notas adesivas, os famosos post-its. Tudo que você precisa fazer é separar suas demandas entre os quadrantes para entender quais devem ser realizadas de imediato e quais podem esperar, serem delegadas a outros ou até descartadas, se for o caso.

Tarefas urgentes e importantes têm prioridade máxima. O que for urgente, mas não muito importante, deve ficar em segundo lugar na lista, com prioridade alta. A prioridade média é destinada a atividades que são muito importantes, mas que oferecem maior prazo e, portanto, são menos urgentes. Por fim, se houver alguma atividade listada como não urgente e não importante, é sinal de que ela não merece ser priorizada e, talvez, nem faça sentido mantê-la mediante análise mais criteriosa.
 

Produtividade requer organização e priorização

Muito se fala em produtividade nas organizações. É uma palavra-chave em reuniões, conferências e no dia-a-dia, especialmente quando os desafios do home-office podem colocá-la em xeque. Não existe uma fórmula pronta para garantir produtividade nas equipes, mas trabalhar a organização e a priorização é o primeiro passo.

 Sua empresa já possui um Sistema de Gestão a pleno funcionamento? Se não, é preciso considerar essa necessidade. A vantagem é que o processo também pode ser iniciado remotamente, por meio de consultoria semipresencial. Se o home-office chegou para ficar, que fique da melhor maneira possível, contribuindo ativamente para a qualidade de vida dos colaboradores e para a lucratividade das organizações que adotarem o formato.
 

#Gestão #gestãodaqualidade  #Sistemadegestãodaqualidade #organização #modelodegestão #COVID-19 #homeoffice #ferramentasestratégicas #rotina