AGQ Brasil | Por que métricas são importantes na gestão da qualidade
AGQ Brasil, consultoria, treinamento, auditoria interna em sistemas de gestão como ISO 9001, ISO 14001, ISO 45001, ISO 17025, ISO 37301, ISO 27001, Regimento SiAC do PBQP-H, dentre outros.
Consultoria ISO 9001, Consultoria ISO 14001, Consultoria ISO 45001, Consultoria ISO 37301, Consultoria ISO 17025, Consultoria PBQP-H, Consultoria SiAC, Anexo VII do SiAC, Anexo 7 do SiAC, Auditoria Interna, SGI, SGQ, Auditoria ISO 9001, Auditoria ISO 14001, Auditoria ISO 45001, Auditoria ISO 37301, Auditoria ISO 17025, Auditoria PBQP-H, Auditoria SiAC, Consultoria ISO, Auditoria ISO, Consultoria ISO BH, Consultoria ISO 9001 BH, Consultoria ISO 14001 BH, Consultoria ISO 45001 BH, Consultoria SiAC PBQP-H BH, Consultoria ISO 37301 BH, Consultoria ISO 17025 BH, Belo Horizonte, Consultoria ISO SP, Consultoria ISO 9001 SP, Consultoria ISO 14001 SP, Consultoria ISO 45001 SP, Consultoria SiAC PBQP-H SP, Consultoria ISO 37301 SP, Consultoria ISO 17025 SP, SP, São Paulo, Consultoria ISO RJ, Consultoria ISO 9001 RJ, Consultoria ISO 14001 RJ, Consultoria ISO 45001 RJ, Consultoria SiAC PBQP-H RJ, Consultoria ISO 37301 RJ, Consultoria ISO 17025 RJ, Rio de Janeiro, RJ
18650
post-template-default,single,single-post,postid-18650,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-18920
 

Por que métricas são importantes na gestão da qualidade

AGQ Brasil - Metricas

Por que métricas são importantes na gestão da qualidade

Monitorar, coletar e compreender dados relevantes sobre o seu negócio é essencial para aprimorar a qualidade dos produtos e serviços.

 

 

A busca pela qualidade nas organizações é um esforço coletivo, que envolve diversas iniciativas e todos os setores. Entregar os melhores produtos e serviços para, assim, obter resultados cada vez mais efetivos, depende da estruturação de processos internos voltados para uma mentalidade corporativa de melhoria contínua. Um dos elementos que se associam diretamente à essa abordagem são as métricas.

 

Felizmente, hoje é possível monitorar e gerenciar praticamente todos os indicadores existentes em uma organização. Investir em ferramentas, técnicas e processos que valorizam a utilização de dados na tomada de decisão é um caminho necessário para garantir uma gestão da qualidade eficiente.

 

 

A importância das métricas em um sistema de gestão da qualidade

 

De forma resumida, as métricas de qualidade são parte do SGQ – Sistema de Gestão da Qualidade. Elas são organizadas e definidas como dados relacionados à evolução de determinado produto, serviço ou processo. Em outras palavras, cada métrica de qualidade se refere ao esforço de medir os resultados de ações específicas, a partir de objetivos e metas definidos anteriormente.

 

Sua importância se reflete em vários aspectos, sendo o principal deles o aprimoramento de resultados numa proposta de melhoria contínua. Só é possível melhorar processos que são medidos e constantemente analisados. A implementação de um SGQ é crucial exatamente para isso: ao planejar de maneira estruturada os critérios e requisitos associados à gestão da qualidade, a tendência é de que seja possível trabalhar assertivamente os dados no intuito de usá-los para melhor tomada de decisões estratégicas.

 

 

Tipos de métricas importantes para a gestão da qualidade nas organizações

 

A quantidade e a variedade de métricas existentes são bastante amplas, e tudo depende do segmento de atuação da organização, do porte do negócio, dos tipos de produtos ou serviços oferecidos e ainda dos objetivos estratégicos de negócio, definidos de acordo com várias peculiaridades. Ainda assim, é possível identificar algumas métricas básicas que são indispensáveis para a gestão da qualidade em praticamente todos os contextos. Confira alguns exemplos:

 

  • Indicadores de eficiência: geralmente associados com redução de custo, podem abranger, entre outros, horas de trabalho dedicadas por produto produzido ou serviço realizado; quantidade de verba investida para a realização de determinado processo ou atividade; quantidade de tempo de inatividade em uma linha de produção etc.
  • Indicadores de eficácia: mais focados em aumento de lucro, incluem a redução da porcentagem de reclamação dos consumidores; a agilidade no processo de atendimento e solução de um chamado aberto; a durabilidade do produto oferecido; a confiabilidade da equipe; entre outros fatores.

Para investir em qualidade nas organizações, é preciso construir as bases processuais que sustentarão todos os esforços futuros. Para isso, a melhor alternativa é investir na conquista da certificação na Norma ISO 9001 — Sistema de Gestão da Qualidade. Fale com o time de consultores da AGQ Brasil para entender melhor os benefícios que o selo pode oferecer à sua organização. Conte com a gente!

 

 

Leia também